Em 8 anos, Ceará e Fortaleza levaram mais de 4 milhões de torcedores ao estádio no Brasileirão

Os dois clubes têm figurado entre as melhores médias de público do País

Torcedores do Ceará e Fortaleza. (Fotos: CCS: Stephan Eliert/Ceará SC | FEC: Lucas Emanuel/ Fortaleza EC)

O agito das bandeiras, o grito que ecoa pela garganta, a explosão ao comemorar um gol, a alegria de quem acabou de ser campeão e o alívio de quem viu o time escapar de um rebaixamento. Torcer é um sentimento incomparável que apenas aqueles que vivem sabem explicar.

É incondicional o apoio dos torcedores ao times de futebol. Sem eles, agitando e ditando o ritmo das arquibancadas, o esporte não teria graça. Esta afirmação reforça, ainda mais, o ditado que diz que o torcedor é maior patrimônio dos clubes.

Mas o que faz alguém virar torcedor? São os títulos? As conquistas? Os recordes? Talvez seja o orgulho de carregar no peito as cores de uma agremiação, mesmo que esta não figure entre as maiores no esporte.

Os cearenses são reconhecidos pela fidelidade aos seus times. Seja com “a bandeira alvinegra e a cachaça na mão” ou “respirando as três cores” do Fortaleza, as arquibancadas sempre ficam repletas de torcedores dispostos a cantar e apoiar durante os 90 minutos.

Soma dos públicos de Fortaleza e Ceará por temporada no Brasileirão. (Foto:Arquivo/Xafuedo & Leriado)

É por isso que, nos últimos oito anos, entre 2012 e 2019, Ceará e Fortaleza levaram exatos 4.046.021 expectadores pagantes aos seus jogos como mandantes nas séries A, B e C do Campeonato Brasileiro. Nesse período, em 227 jogos com a presença da torcida, o número representa uma média aproximada de 17.823,8 fãs por partida.

A contagem leva em consideração os jogos pela competição nacional até a 15ª rodada da Série A de 2019. O levantamento foi realizado com base nos borderôs divulgados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Neste período, o alvinegro esteve por seis edições na Série B e duas na Série A. Já o tricolor, disputou seis edições da terceira divisão, uma da segunda e neste ano figura na elite do futebol nacional.

O amor que supera divisões

Torcedores do Fortaleza. (Foto: Luan Erick/ Fortaleza EC)

Nem mesmo o calvário de oito anos seguidos na Série C foi capaz de afastar os tricolores do estádio. Aliás, a cada temporada em que o objetivo final não era alcançado, o torcedor do Fortaleza abraçava ainda mais o seu clube. O apoio incondicional dos tricolores foi importantíssimo para os acessos de 2017 e 2018.

Entre 2012 e 2019, levando em consideração o último jogo contra o Internacional, no Brasileirão, o Leão do Pici alcançou a marca 1.759.588 fãs, em 86 jogos. Houve ainda duas partidas com portões fechados que não entraram no levantamento – Fortaleza 2 x 1 Cuiabá-MT e Fortaleza 1 x 1 River-PI pela série C de 2014 e 2016 respectivamente.

(Foto: Arquivo/Xafurdo & Leriado)

O número representa uma média aproximada de 20.460,3 pagantes por jogo. Nesse período, o ano em que mais expectadores assistiram os jogos do tricolor foi em 2018, quando 546.541 pessoas pagaram ingresso para assistir a campanha da Jangada Atômica, que conquistou o inédito título da Série B.

O ano que menos tricolores foram ao estádio foi 2013, quando 134.386 pessoas foram aos 10 jogos do Leão do Pici na Série C. Naquele ano, o Fortaleza foi eliminado de forma melancólica pelo Sampaio Corrêa, na primeira fase da competição, diante de um Castelão com mais de 50 mil fãs.

Confira o total de público do Fortaleza nas últimas 8 temporadas do Brasileirão

Ano | público | jogos | média aproximada

2012 – 145.737 – 10 – 14.573,7
2013 – 134.386 – 10 – 13.438,6
2014 – 169.309 – 9 – 18.813,1
2015 – 180.738 – 10 – 18.072,8
2016 – 156.465 – 9 – 17.385
2017 – 218.099 – 12 – 18.174,9
2018 – 546.541 – 19 – 28.765,3
2019 – 208.323 – 7 – 29.760

Show Alvinegro

Torcedor do Ceará na Arena Castelão. (Foto: Reprodução/Instagram Ceará SC)

Os alvinegros sabem com muita propriedade o que é festa nas arquibancadas. O apoio do torcedor foi fundamental na campanha que deu o acesso ao clube a Série A em 2017, assim como na arrancada que livrou o vovô do rebaixamento em 2015.

Entre 2012 e 2019, levando em consideração o último jogo contra a Chapecoense, no Brasileirão, o Ceará alcançou a marca de 2.286.433 fãs, em 141 jogos.

(Foto: Aquivo/Xafurdo & Leriado)

O valor representa uma média de 16.215,8 pagantes por jogo. O ano em que mais torcedores alvinegros foram ao estádio foi em 2018, na Série A. Durante a competição, 533.496 pessoas estiveram nos 19 jogos do Ceará. Na temporada, após um começo ruim, o vovô engatou uma sequência arrasadora que garantiu a permanência no certame.

Confira o total de público do Ceará nas últimas 8 temporadas do Brasileirão

Ano | público | jogos | média aproximada

2012 – 168.222 – 19 – 8.853,7
2013 – 263.101 – 19 – 13.847,4
2014 – 213.884 – 19 – 11.257
2015 – 307.752 – 19 – 16.250,1
2016 – 210.510 – 19 – 11.079,4
2017 – 389.651 – 19 – 20.507,9
2018 – 533.496 – 19 – 28.078,7
2019 – 198.817 – 8 – 24.852,1

O protagonismo dos torcedores

O ano de 2019 não vai ser diferente para o torcedor cearense. Até a 15ª da Série A Fortaleza e Ceará figuram entre as melhores médias de público da competição. Tricolor e alvinegro ocupam a 5ª e 7ª posições respectivamente, com 29.760 e 24.852 média de pagantes.

Na última partida do Fortaleza em casa, 37.644 pessoas pagaram ingresso. Já o vovô, vendeu todos os bilhetes disponíveis para o duelo contra o Flamengo, que acontece no próximo domingo, às 19 horas.

7 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s