Ceará e Fortaleza são multados e perdem mando de campo por confusão em clássico no Brasileirão

A decisão do STJD cabe recurso

Jogadores do Ceará e Fortaleza no último clássico de 2019. (Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC)

Fortaleza e Ceará foram punidos pela confusão após o apito final no Clássico-Rei do dia 10 de novembro, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A. Os clubes perderam dois mandos de campo cada e foram penalizados com multa de R$ 20 mil.

Anúncios

LEIA MAIS | Vídeo: Após derrota para o Fortaleza, torcedores do Ceará quebram cadeiras do Castelão

As informações são do portal UOL. A decisão proferida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) cabe recurso. Conforme o Globo Esporte (GE) , a pena do alvinegro teve ainda acréscimo de R$ 1 mil por atraso na entrega da escalação. Já o tricolor, teve aumento de R$ 2 mil por protestos na arquibancada contra o VAR, mediante aos erros cometidos pela arbitragem e operadores do equipamento.

===》Vote e escolha a seleção dos cearenses na Série A

Veja vídeo

Anúncios

De acordo com o artigo 67 do Regulamento Geral desta edição do Brasileirão, a decisão entra em vigor apenas três dias após a notificação dos clubes. Dessa forma, a partida entre Fortaleza e Santos (SP), que acontece nesta quinta-feira, 28, a partir das 20 horas, contará com a torcida. O jogo do Leão Pici prejudicado seria o confronto contra o Bahia, na última rodada do certame.

Anúncios

Já o alvinegro, que luta para afastar-se da zona de rebaixamento e manter-se na elite do futebol nacional, não poderia contar com apoio do seu torcedor nos jogos contra o Athletico (PR) e Corinthians (SP).

Entenda o caso

Após o término do Clássico-Rei, com vitória do Fortaleza por 1 a 0, uma confusão foi registrada no lado destoando a torcida do Ceará. Algumas cadeiras foram quebradas e arremessadas durante o tumulto, que foi contido pelas equipes de segurança presentes no local.

(Foto: Reprodução/Twitter)

Antes disso, no decorrer do jogo, um torcedor alvinegro já havia invadido o campo. Tudo foi registrado em súmula pelo árbitro da partida, o paulista Flávio Rodrigues de Souza.

Anúncios

Foram contabilizadas pelo 385 cadeiras danificadas, com prejuízo de aproximadamente R$ 385 mil.

LEIA MAIS | Clássico-Rei: Confusão deixa 385 cadeiras quebradas e prejuízo de cerca de R$ 134 mil

Os clubes

Conforme o GE Ceará, o Ceará disse que ainda não foi notificado sobre a punição. Já o Fortaleza, o vice-presidente da agremiação utilizou o perfil Twitter para comentar a decisão do STJD.

Anúncios

“Nosso departamento jurídico estará amanhã interpondo Recurso Voluntário com pedido de efeito suspensivo para, além de discutir a decisão que considera equivocada, suspender os efeitos da decisão, para que nao atinja o jogo do Bahia em 08/12”, disse Marcello Desidério.

Anúncios
Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s