Secretaria da Segurança nega retirada de bandeira do Brasil de automóvel em carreata contra lockdown em Fortaleza

Pessoas promoveram manifestação e foram autuadas por descumprir decreto de lockdown

(Foto: Reprodução/YouTube)

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa negou, por meio de comunicado nas redes sociais, que a Polícia Militar (PM)o tenha orientado a retirada de bandeiras do Brasil de automóvel durante carreata contra o isolamento social em Fortaleza nesta quarta-feira.

Anúncios

Vídeo que circula nas redes sociais, uma mulher diz que os agentes de segurança a conduziriam até a viatura caso não retirasse o objeto. Entretanto, informação foi negada pelo órgão que acrescentou que a senhora retirou a bandeira por conta própria para não ser confundida com os manifestantes.

Pela manhã desta quarta, pelo menos 25 pessoas foram autuadas por descumprirem decreto de lockdown e promoverem contra o isolamento social na Capital.

Anúncios

Veja a nota da SSPDS na íntegra

“A SSPDS e a Polícia Militar do Ceará (PMCE) informam que não houve qualquer orientação, nem do Comando da corporação, nem dos policiais que estavam no local, para que a condutora do veículo que aparece no vídeo retirasse a bandeira nacional do carro.

A condutora é uma pessoa idosa, que comprovou que estava levando medicamento para sua residência e que por isso estava amparada pelo decreto de isolamento social rígido.

Anúncios

Ela, por iniciativa própria, retirou a bandeira para não ser confundida com outros motoristas que estavam descumprindo o decreto estadual. A equipe policial militar facilitou a saída dela do engarrafamento, o que não é mostrado no vídeo em questão”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s