Ex-técnico da seleção Feminina, Vadão morre vítima de câncer

Treinador lutava contra um câncer no fígado

Foto: FIFA/Divulgação

Oswaldo Fumeiro Alvarez, conhecido carinhosamente como Vadão, faleceu no início da tarde desta segunda-feira, 25, em São Paulo. O técnico de futebol sofreu complicações de um câncer no fígado, que acabou se espalhando para outros órgãos de seu corpo.

Vadão havia sido diagnosticado com a doença no final do ano passado, quando realiza exames de rotina. Estava em tratamento desde então, mas teve que ser internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, no último dia 12 de maio.

A situação era considerada grave e o treinador acabou não resistindo ao tratamento via quimioterapia e radioterapia. Aos 63 anos, Vadão deixa sua esposa Ana Alvarez e dois filhos, Carolina e Adriano Alvares, que faziam parte da assessoria de imprensa do pai. O velório e sepultamento acontecerá em Monte Azul Paulista, sua terra natal.

Carreira

Vadão treinou grandes clubes do país, dentre eles Corinthians e São Paulo. Ele, inclusive, foi o responsável por lançar o Kaká, naquela época com apenas 16 anos, no time profissional do Tricolor Paulista.

Seu último trabalho havia sido na seleção brasileira feminina, onde deixou o comando logo após a disputa do Mundial na França.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s