Edilson diz que Ceni foi “vaidoso” por deixá-lo na reserva na semifinal da Copa do Brasil em 2019

Time celeste levou três gols do Internacional e acabou eliminado

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro EC)

Quase um ano após a saída de Rogério Ceni do comando técnico do Cruzeiro, jogadores do time ainda rendem críticas ao ex-treinador. A mais recente foi de Edilson, que chamou o ex-goleiro do São Paulo de “vaidoso” por não tê-lo escalado para a semifinal da Copa do Brasil em 2019.

Anúncios

“Achei um pouco de vaidade dele naquele momento (…) Ele ainda é muito novo, então é normal que, de repente, tenha alguns erros de gestão de grupo que outros treinadores como Tite, Renato, Mano Menezes não tenham”, disse o lateral.

A fala foi durante durante entrevista ao “Fora de Jogo” do Esporte Interativo (EI). No episódio que se refere o jogador, o Cruzeiro foi eliminado após perder os dois jogos na competição nacional. Foi superado pelo Internacional no Mineirão por 1 a 0 e, na volta, no estádio Beira Rio, saiu derrotado por 3 a 0.

Anúncios

A passagem de Ceni pelo Cruzeiro foi conturbada. O time mineiro, que acabou rebaixado para a Série B pela primeira vez na história passava por sérios problemas financeiros e de gestão quando foi assumido pelo profissional.

“Cheguei no Ceni e falei: ‘Professor, acho que a gente tá em um momento muito ruim, de um não concordando com o outro. Pra gente não ter esse ambiente, acho que a gente tem que conversar'”, explicou Edilson ao EI sobre o momento de discordância com Ceni na raposa.

Anúncios

E continuou: “Falei ‘poxa, me desculpa se eu fiz alguma coisa de errado, se eu fiz alguma coisa que você não gostou e vamos virar essa página, o Cruzeiro é muito maior do que nós todos’.  Aí ele foi e falou: ‘Eu não acho que eu errei, eu acho que só você que errou'”.

O treinador, que atualmente está no comando do Fortaleza desde que saiu do time celeste, foi demitido em meio a pressões do vestiário. Em sua passagem, Ceni deixou no banco alguns “medalhões” da equipe como Thiago Neves, Egídio e Robinho.

LEIA MAIS | Dedé diz que Rogério Ceni tem “parcela de culpa” no desempenho da equipe que rebaixou o Cruzeiro

Anúncios

Edilson não é primeiro que critica a passagem de Rogério pelo time mineiro. Antes, o zagueiro Dedé chegou a dizer que o ex-técnico tinha “parcela de culpa” no desempenho da equipe que culminou no rebaixamento da equipe mineira a segunda divisão em 2019.

Ceni ironizou a fala do atleta e disse que a parcela de colaboração para o Cruzeiro estar na Série B era o seu trabalho no Fortaleza, “que tomou uma vaga entre os 16 primeiros”.

LEIA MAIS | Rogério Ceni ironiza “parcela de culpa” no rebaixamento do Cruzeiro para Série B em 2019

Anúncios

2 comentários

  1. O Cruzeiro era um time de 3 bons jogadores em panelinha e o resto medíocres sem noção da grandeza do time que estavam

    Curtir

  2. ROGÉRIO CENI FOI VÍTIMA DESSES ALGOZES TIAGO NEVES ( esse vagabundo deveria ver banido do FUTEBOL a cobrança do pênalti para fora propositalmente o Cruzeiro deveria cobrar na justiça deste mau-carater perdas e danos causados por este irresponsável Rogério n tem culpa do rebaixamento do clube não.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s