Camilo Santana prorroga quarentena e anuncia início da 3ª fase da retomada econômica em Fortaleza

Governador fez o comunicado nas redes sociais

(Foto: Reprodução/Twitter)

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou neste sábado, 4 de julho, o início da terceira fase do plano de retomada da economia na Capital. O primeira etapa havia havia começado no dia 1° de junho. As novas regras entram em vigor a partir da segunda-feira, 7.

Anúncios

Além disso, o político prorrogou o decreto de isolamento social em todo Estado por mais sete dias. Os municípios da macrorregião da Capital entram etapa 2 do plano, as macrorregiões do Sertão Central, Litoral e Leste/Jaguaribe na fase, enquanto macrorregiões Norte e Cariri permanecem em transição.

Nesta nova fase que inicia-se na Capital, será permitido, por exemplo, a liberação de espaços públicos como praias e calçadões para atividades físicas sem aglomeração.

Anúncios

“Ressalto que restaurantes continuam funcionando só durante o dia. Bares e barracas de praia ainda não têm autorização de funcionamento esta semana. A decisão do Comitê de Saúde foi avaliar mais nos próximos dias os impactos da abertura desses estabelecimentos nesta fase”, informou Camilo Santana nas redes sociais.

Camilo Santana declarou ainda que permanecem em isolamento social rígido sete cidades. São elas: Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo, Iguatu, Sobral e Tianguá. Além disso, o petista confirmou o retorno do transporte intermunicipal a partir do dia /10 de junho, “com o devido protocolo sanitário sendo exigido”.

“Temos conseguido avanços importantes nos indicadores em Fortaleza e na maioria das regiões, mas não podemos relaxar de forma nenhum”, finalizou

Anúncios

Plano de retomada da economia

No fim de maio o governador anunciou plano de retomada da economia, com cinco fases, sendo uma transição. Cada etapa é avançada após critérios pré-estabelecidos serem cumpridos.

Os critérios foram detalhados da seguinte forma:

  • Transicão: endência decrescente da demanda por atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e emergências.
  • Tendência decrescente de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinadas ao atendimento da Covid-19 no período de 14 dias
  • Tendência decrescente do número de internações relacionadas a Covid-19 no período de 14 dias.
  • Critério baseado no número de óbitos relacionados a Covid-19 no período de 14 dias.
  • Autoridade de saúde do estado irá arbitrar sobre as condições específicas de uma região e/ou município.
Anúncios

Após o cumprimento desses requisitos, alguns serviços voltam a funcionar. Confira abaixo os serviços por fase:

(Foto: Reprodução/Twitter)
(Foto: Reprodução/Twitter)
Anúncios
(Foto: Reprodução/Twitter)
(Foto: Reprodução/Twitter)
Anúncios
(Foto: Reprodução/Twitter)

Coronavírus no Ceará

Até a publicação desta matéria, o Estado já havia contabilizado 92.000 casos da covid-19. Além disso, 5.499 pessoas morreram em decorrência da doença e outras 67.203 estão curadas. As informações são de boletim da Secretaria da Saúde (Sesa) por meio da plataforma Integra SUS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s