“Nossa meta é transformar o Brasil em um país simples de se empreender” diz presidente da Abrasel em visita a Fortaleza

Nonaka se reuniu com lideranças cearenses para captar sugestões para projeto Brasil Novo 

Paulo Nonaka (Imagem: Divulgação)

Em Fortaleza, o presidente do Conselho Administrativo da Abrasel, Paulo Nonaka, cumpre agenda de reuniões com empresários, políticos e artistas cearenses, para dialogar e captar sugestões que irão compor o pacto “Brasil Novo”, contribuição que a entidade pretende dar aos governos nos âmbitos municipal, estadual e federal. 

“Estamos ouvindo pessoas que estão fazendo algo diferente por um Brasil melhor, e muitas vezes fazem à revelia do poder público. São vozes da cultura, esporte, agricultura, saúde, educação, para entender o que estão fazendo, quais as dores, as dificuldades. Com esse diálogo, queremos utilizar nossa capilaridade, a força que temos, para dar voz a essas iniciativas. O objetivo depois é fazer um Brasil melhor, mais simples de empreender e melhor para se viver, reduzindo a burocracia, que acaba nos fazendo errar pelo meio do caminho”, explica Nonaka. 

O presidente cita o exemplo do próprio setor de alimentação fora do lar no Brasil, que reúne um milhão de empresas, dois milhões de empresários e seis milhões de funcionários, sendo o único setor do país a estar presente em cada cidade ou vilarejo. “Mesmo onde não tem igreja ou um cartório, tem uma barraquinha vendendo café, vendendo marmita. Somos um setor imenso, mas com 95% de micro e pequenos empresários. E 80% ainda atua de forma irregular, que é diferente de ser ilegal. Muitos ainda trabalham sem alvará, sem CNPJ, simplesmente por não terem condições de se regularizar”, analisa. 

Anúncios

Somos o setor que promove a maior ascenção social da economia

Taiene Righetto, Alexandre Pereira e Paulo Nonaka (Imagem: Divulgação)

Nos três dias que estará em Fortaleza, Nonaka cumpre agenda com nomes como o secretário do Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira; a arquiteta e ex-secretária de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz; o superintendente do Sebrae, Joaquim Cartaxo; o humorista e presidente da Associação Cearense de Humor, Lailtinho Brega; e o proprietário do Grupo Geppos, Crica Bezerra, que é um dos fundadores da Abrasel no Ceará. 

Nesta sexta-feira (18), o presidente se reuniu com os associados da Abrasel Ceará, destacando a importância do segmento para a economia. “Somos o setor que promove a maior ascensão social da economia, porque a grande maioria dos donos começaram como garçons, cozinheiros e ajudantes. É o setor também que emprega a maior quantidade de mulheres, representando 60% dos colaboradores. Além disso, somos quem dá mais chance para o primeiro emprego, principalmente para a camada mais baixa da sociedade”, elencou. 

A Abrasel é muito otimista e estamos ainda mais nesta retomada

Sobre a retomada da economia nos próximos meses, Paulo Nonaka diz que a Abrasel sempre foi uma entidade muito otimista, e agora está ainda mais, ao observar a vacinação progredindo, a imunidade de rebanho perto de ser uma realidade. 

Durante reunião com associados da Abrasel Ceará, o presidente lembrou ainda acerca das ações na Justiça pedindo reparação em todas as cidades e estados onde ela atua. “Nós não questionamos o mérito das decisões tomadas por governadores e prefeitos, mas o fato é que eles fecharam nossas portas, e muitos dos empreendimentos tiveram grandes prejuízos ou chegaram a falir, portanto cabe a estes a responsabilidade pela reparação”, defende. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s