Oito meses após abandonar o Fortaleza, Rogério Ceni é demitido do Flamengo

Relação do profissional com rubro-negro vinha se desgastando

(Foto: Maarcelo Cortes/CR Flamengo)

Chegou ao fim a passagem de Rogério Ceni no Flamengo (RJ). Oito meses após abandonar o Fortaleza, o técnico foi demitido do rubro-negro na madrugada deste sábado, 10.

Anúncios

O treinador havia deixado o Tricolor de Aço em dezembro de 2020, no meio da disputa do Campeonato Brasileiro, para assumir a equipe carioca. Desde então, esteve à frente da equipe em 45 jogos obtendo 23 vitórias, 11 empates e 11 derrotas. O aproveitamento foi de 59,3%.

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que não continuará com Rogério Ceni à frente do time principal. O Clube agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso nos próximos desafios. No jogo contra a Chapecoense, a equipe será comandada por Maurício Souza”, informou o clube 2h46min da madrugada nas redes sociais.

Anúncios

A demissão de Ceni ocorre após o vazamento de um áudio em que o analista de scout, Roberto Drumond, faz fortes críticas ao ex-goleiro. Após a repercussão,  o profissional foi desligado do departamento de futebol.

“Cara, ele é uma pessoa ruim. Não tem outra definição. É uma pessoa ruim. O cara é perdido, faz merda, critica departamentos. Ele não tem respaldo do pessoal de cima, deixa ele meio perdido aqui. Mas ele está lá há quase um ano já, ele nunca se interessou em sentar com o pessoal da análise de desempenho, que são os caras de tática e tal, para ver quais são os processos, o que que faz”, dizia no áudio obtido pelo Globo Esporte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s