IPVA mais caro para o bolso cearense: entenda a razão e aprenda como não cair na inadimplência

Economista detalha situação que tem deixado motoristas em dúvida e orienta para que ninguém inicie o ano já contraindo novas dívidas e dores de cabeça

Imagem: Divulgação

Os motoristas cearenses estranharam os valores do tão comentado Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2022. Muitos estão se perguntando porque a tributação está mais cara se comparada ao ano passado, sendo que o veículo desgastou mais um ano. A elevação da taxa anual obrigatória para portadores de automóveis, no entanto, é real e justificável. É o que explica o economista e professor da Estácio Ceará, Thiago Holanda. 

Segundo o especialista, os reajustes do IPVA, que é um imposto estadual, em regra, estão vinculados ao preço dos automóveis segundo a tabela FIPE. “Com a grave crise econômica causada pela pandemia, as empresas fabricantes passaram a reduzir o ritmo de produção e ofertarem menos carros novos. Com isso, o preço dos veículos usados sofreu aumentos de, em média, 31%, afetando diretamente as cotações da tabela”, destaca o professor. 

Anúncios

E para quem deixa de pagar o imposto, as consequências são graves: dirigir com IPVA em atraso consiste em infração gravíssima, com previsão de multa de R$ 293,47 e remoção do veículo como penalidade e medida administrativa, de acordo com o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A cobrança do IPVA é feita por notificação extrajudicial, com correspondência enviada ao proprietário do veículo. Não havendo quitação em 30 dias, os bens podem ser penhorados, inclusive, os de conta bancária.

A saída para evitar endividamentos envolve medidas de cuidado com os gastos, como orienta Thiago Holanda. “O primeiro passo consiste em colocar tudo na ponta do lápis. Ou seja, anotar todas as receitas e despesas, ainda que pequenas. É importante também racionalizar o consumo gastando somente com aquilo que é estritamente necessário para a vida familiar”, orienta. 

Falando em família, outro elemento que contribui com gastos são o período de férias escolares e preparação para o retorno às aulas. O economista recomenda que parte da renda seja dedicada a este fim, porém, tomando certas precauções. “Não se deve gastar de forma irresponsável. Sempre pesquise e procure comprar com os fornecedores que ofereçam os produtos mais competitivos do mercado”, destaca Thiago.

Muitas pessoas recorrem a empréstimos para financiar dívidas. Para o professor da Estácio Ceará, essa não é uma boa ideia. “Os juros no Brasil estão muito elevados e qualquer financiamento acaba onerando com muitos encargos financeiros”, justifica.

A Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (Sefaz) oferece duas formas de pagamento do IPVA: à vista, em parcela única, com desconto de 10%; e parcelado em até cinco vezes. Para saber qual o valor da tarifa de seu veículo, acesse https://www.sefaz.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/61/2020/08/TABELA-IPVA2022.pdf.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s