Militares que receberam auxílio emergencial terão de devolver o dinheiro

A informação foi confirmada pelo Ministério da Cidadania

(Foto:Divulgação/Prefeitura de Ipueiras)

Os militares que receberam o auxílio emergencial de forma ilegal terão de devolver o dinheiro aos cofres públicos, informou o Ministério da Cidadania por meio de nota nesta terça-feira, 12.

Anúncios

A pasta havia informado que apurava o recebimento indevido do benefício, destinado apenas trabalhadores informais, desempregados de baixa renda e autônomos, além de integrantes do Bolsa Família e do Cadastro Único (CadÚnico) de benefícios sociais.

Conforme a pasta, parentes de militares que se enquadram nos critérios não precisarão fazer o ressarcimento. “O Ministério da Cidadania informa que agora já dispõe da atualização dos CPFs. Aqueles que receberam o auxílio emergencial, sem que se enquadrem nos critérios legais de concessão, devolverão os recursos aos cofres públicos por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU)”, diz a nota.

Anúncios

As informações são da Folha de S.Paulo. O ministério ressaltou ainda que “não é necessária a devolução do valor apenas porque um membro da família é militar e recebe soldo. É importante fazer esta distinção para evitar a devolução desnecessária do auxílio emergencial por famílias que fazem jus ao recebimento”.

O auxílio emergencial foi criado como medida de enfrentando a pandemia de Coronavírus, para a população mais afetada financeiramente.

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s